• Maria Silvana Alves

Viagem dentro da Dislexia - 1º episódio

Você alguma vez já se sentiu diferente, achando que ninguém pudesse ser como você? Saiba que esse é um sentimento muito comum de quem possui características distintas da grande maioria, o que por sua vez, não é algo ruim. Muito pelo contrário. Se trabalhadas, essas características podem se tornar sua "arma mais poderosa".


Hoje, dou início aqui no blog a uma sequência de vídeos que serão postados ao longo da semana para que possamos aproveitar esse período de quarentena de maneira mais leve. Esses vídeos são de produção da HBO e juntos formam um documentário, originalmente chamado de Journey into Dislexia, escrito e dirigido por Susan Raymond. Esse documentário mostra como a dislexia pode ser utilizada ao seu favor. Também apresenta histórias de pessoas reais e como elas fizeram para superar o estigma e atingir grandes feitos. Às vezes, feitos tão grandes, que tomam proporções mundiais.


No episódio de hoje é apresentado a história do jovem escritor Jonathan Mooney, autor do livro Learning outside the lines. Jonathan conta como também sofreu por ser disléxico e como conseguiu superar seus limites através da sua força de vontade, algo nato e comum a muitos disléxicos. Além do depoimento de Jonathan, muitas outras pessoas contam sua história nesse episódio.


*Dica: Fique de olho nas profissões dos entrevistados. Eles são, na maioria das vezes, pessoas muito bem sucedidas!!!

Todos os direitos estão reservados à HBO. O objetivo da apresentação desse documentário aqui no blog é estritamente de conscientização e para levar esperanças para quem acredita que a dislexia não tem jeito, pois como diria minha amiga Renata Jardini, DISLEXIA TEM JEITO SIM!


Esperamos que gostem do documentário, curtam e compartilhem nosso blog para que possamos chegar cada vez mais longe e, dessa forma, poder ajudar cada vez mais pessoas.


Vamos conversar? Faça o login abaixo e deixe seu comentário. É muito bom ter a participação de vocês aqui conosco.

0 visualização

© 2023 por EU E A DISLEXIA.