• Maria Silvana Alves

SÓ PORQUE EU FIQUEI ADOLESCENTE?


"Não sou mais criança, mas também não sou adulto. Há uma tremenda confusão no meu coração: não sei ainda direito quem sou ou serei. Acho que estou adolescendo." (Anônimo)

Sou mãe de dois adolescentes e meu público alvo, em sua maioria, também são adolescentes, tanto os que atendo no espaço clínico quanto os alunos da escola. Percebo que muitos pais investem tanto na infância de seus filhos e  podem colocar tudo a perder quando esses ninos e ninas chegam à adolescência. Reflexões acerca dessa fase são muito importantes uma vez que ela, naturalmente, já sugere um momento de dúvidas e incerteza sobre o futuro e que nessa pandemia, apenas intensificaram. Infelizmente, alguns  pais ainda acham que, porque estão maiores,  seus filhos adolescentes já conseguem se virar sozinhos e acabam ficando alheios aos sinais que podem sugerir um quadro de depressão e ansiedade.  É preciso que haja diálogo, contato olho no olho, ternura e atenção com nossos filhos também na adolescência afinal, "quem ama, cuida" sempre que se fizer necessário!


25 visualizações

© 2023 por EU E A DISLEXIA.