• Maria Silvana Alves

MEU AMIGO, O LIVRO!

O que é, o que é?


É meu amigo, está na minha mochila e na minha biblioteca.



Que o livro é um grande aliado dos professores, indispensável nas aulas de qualquer disciplina por trazer contribuições incríveis para os estudantes, não é nenhuma novidade! Hoje vamos falar do livro como um amigo fiel, companheiro, capaz de nos acalmar, nos distrair, nos fazer esquecer por alguns instantes de todas as preocupações e chateações que às vezes encontramos “pela estrada afora”. E para falar sobre isso, trago uma reflexão da neuropsicopedagoga Eliane Campos. Ela, que fez de seu consultório no Recife “Casa do Leitor”, vem em suas redes sociais, a cada dia, nos falar um pouquinho mais sobre sua amizade com os livros e sobre como isso fez a diferença em sua vida. Eliane é uma profissional que apresenta dislexia e enfrentou muitos desafios em sua infância como qualquer criança disléxica. Com o apoio de sua mamãe – extremamente cuidadosa e dedicada- conseguiu encontrar caminhos cada vez mais assertivos para viver com qualidade de vida e, principalmente, SER FELIZ! Concluiu sua graduação em psicologia e, em seguida, pós em neuropsicopedagogia. Hoje dedica sua vida para ajudar crianças e adolescentes com dificuldades e transtornos de aprendizagem tendo os livros como principal instrumento de intervenção. A história de vida de Eliane é um verdadeiro exemplo de que, quanto mais nos aproximamos dos livros e fortalecemos nossa “amizade e lealdade” a eles, maiores são nossos ganhos!


“As crianças com dificuldade ou transtorno de aprendizagem da leitura e da escrita precisam ler diariamente. Segundo Sally Shaywitz, a nova tecnologia de imagens cerebrais revelam o efeito poderoso e positivo da prática para criar circuitos neurais. O cérebro aprende pela prática. Para aprender a tocar um instrumento musical ou ler, é muito importante o reforço dos sistemas neurais. É isso que leva à perfeição e à perícia. Logo que as crianças conseguem ler com sílabas canônicas, ofereço livros para elas. O livro é o meu grande instrumento de trabalho. As crianças e adolescentes leem no consultório e em casa. Empresto livros para todos eles. “(Eliane Campos, psicóloga, neuropsicopedagoga

14 visualizações

© 2023 por EU E A DISLEXIA.