• Maria Silvana Alves

Mar de Forças

Muitas vezes, para aqueles que apresentam a dislexia do desenvolvimento, é muito comum que fiquem evidentes seus pontos fracos como a dificuldade na soletração, na leitura, na escrita, na memória fonológica, enfim, às vezes a impressão que se tem é que, devido a isso, entendemos que os disléxicos possuem pouca ou nenhuma habilidade em outras atividades.


Estamos completamente enganados! De acordo com Schaywitz, há um mar de forças que acabam impedindo de que as habilidades dos disléxicos sejam percebidas. Através desse mapa mental, podemos compreender claramente essa tese, ou seja, se os pontos fortes de um disléxico forem estimulados por equipe multidisciplinar e terapias adequadas, as chances de eles se sobressaírem dos pontos fracos é muito grande!



Portanto, através deste mapa mental, podemos perceber que a dificuldade na leitura e escrita que o disléxico enfrenta, acaba por desviar a atenção desse mar de habilidades que ele possui, tais como:

  • Raciocínio;

  • Solução de Problemas;

  • Conhecimentos gerais;

  • entre outros.

"Na dislexia há uma fraqueza encapsulada, envolvida por um mar de forças". (Sally Schaywitz, M. D. - 2003)

12 visualizações

© 2023 por EU E A DISLEXIA.